quinta-feira, 9 de julho de 2015

Um passeio pelo circo

O Circo da Noite, de Erin Morgenstern, é uma obra bastante diferente, que transporta o leitor para dentro de um incrível circo monocromático, com atrações fantásticas e um enredo um tanto comum, que consegue divertir em muitos momentos e criar expectativas pelo o que está por vir, mas que passa rápido demais pelos acontecimentos e se torna o livro um pouco desinteressante.
Antes de mais nada, é um romance atual que utiliza de recursos fantásticos, como magia. Desde o início, ficamos sabendo o que teremos no final, mas isso não prejudica o desenvolvimento da leitura, pois a autora faz uma mistura de acontecimentos em tempos diferentes, fazendo um amontoado de coisas que resolvem e explicam seu final.
A inclusão de textos contados especialmente para o leitor, assim como a adição de notas de um personagem, ou mesmo utilizando citações de outros autores, tornam a experiência um pouco mais divertida, fazendo com que o leitor se sinta inserido na trama toda.
Os personagens são um pouco carismáticos e cheios de mistérios. Alguns deles, conhecemos desde que são pequenos, e outros, somente quando estão em uma fase determinada de suas vidas. Contudo, o livro parece ser mais sobre o circo em si, do que sobre seus personagens.
É perceptível como a imaginação da autora é muito fértil, devido aos ambientes criados para este livro, misturando magia e realidade. Este fator ajuda na fascinação que é o circo e o porque as pessoas adoram visitá-lo.
A história parte do princípio de que há uma competição entre dois mágicos, que escolhem alguém para representá-los, e somente um pode ser vencedor. O circo é o cenário da competição e os escolhidos devem praticar sua magia a fim de ser melhor que o outro. A diferença é que eles não se conhecem, pelo menos a princípio, e não sabem com quem estão competindo. Envolvendo muitas pessoas nessa disputa, ambos os competidores devem tentar manter os demais seguros enquanto tentam vencer seu oponente.
Achei um livro bacana, mas que teve momentos que não achei que foram muito legais. O final é um pouco previsível, pelo menos aos mais atentos, e não inova muito. Acho que o desenrolar dos acontecimentos no meio da história e as descrições do circo, e suas atrações, são o mais interessante de tudo, mesmo que alguns fatos desencadeados próximos ao final sejam interessantes.
O que eu mais gostei mesmo foi do visual do livro, com muitos detalhes, páginas diferentes, e uma capa bem bonita. Acho que a capa foi o recurso que me levou a comprar este livro, e por isso fica bonito na estante. Ah!, também teve uma boa revisão :)

Alguém aqui já leu O Circo da Noite?
Até a próxima página!

0 comentários:

Postar um comentário

diHITT - Notícias